sexta-feira, 18 de março de 2011

Projetos de melhoria do ensino podem valer bolsa em Portugal

             A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em parceria com a Universidade de Coimbra, de Portugal, lança nesta quarta-feira, 16, a nova edição do Programa de Licenciaturas Internacionais Capes-UC, que seleciona projetos de melhoria do ensino e da qualidade na formação inicial de professores nas áreas de química, física, matemática, biologia, português, artes e educação física. As inscrições vão até o dia 28 de abril.

           O objetivo é estimular o intercâmbio de estudantes de graduação em licenciaturas em nível de graduação-sanduíche, com apoio do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB). Os projetos de parceria institucional selecionados terão atividades iniciadas em setembro de 2011.

          Modalidades de Apoio – Para os estudantes brasileiros de graduação, cujo período de permanência no exterior deve ser de 24 meses, os benefícios são seguro saúde e auxílio instalação, pagos em uma única vez, no Brasil; bolsa no valor de € 600 por mês, e passagem aérea.

O programa prevê, ainda, missões de trabalho, com duração mínima de dez e máxima de 30 dias, com o objetivo de facilitar a integração dos alunos à nova cultura universitária; ajustar as respectivas estruturas curriculares; acompanhar o desenvolvimento do projeto; avaliar os seus impactos; manter comunicação permanente entre as instituições envolvidas, e sistematizar informações a respeito do programa que possibilitem a geração de banco de dados.

          Entre os benefícios estão seguro saúde e diárias, além de passagens aéreas de ida e volta, no trecho Brasil-Portugal. O número máximo de participantes é de duas pessoas por ano, incluindo o coordenador do projeto. Os recursos devem ser utilizados conforme previsto no Manual de concessão e prestação de contas de auxílio financeiro a pesquisador.

          Serão apoiados até 30 projetos. Cada projeto poderá contemplar até sete estudantes, totalizando o número máximo de 210 estudantes.

            Candidaturas – Para inscrição, as propostas devem ter caráter institucional e priorizar ações preferencialmente para um conjunto de cursos de licenciatura da respectiva instituição. Além disso, a instituição brasileira deve possuir acordo com a Universidade de Coimbra, em Portugal, e ser membro de rede de universidades com vocação para cooperação internacional. O coordenador deve ser um docente com título de doutor há pelo menos cinco anos, que detenha reconhecida competência na área e disponibilidade de tempo para as atividades acadêmicas e administrativas referentes ao projeto. A equipe deve ter, ainda, pelo menos outros dois docentes doutores.

         Os bolsistas devem ter cursado dois semestres da graduação (licenciatura ou sistema de ciclos) nas áreas elencadas no edital, ter cursado todo o ensino médio e pelo menos dois anos do ensino fundamental em escolas públicas brasileiras e ter obtido aprovação integral nos estudos realizados.

Outros requisitos para inscrição encontram-se no edital.

         Inscrição – As inscrições serão gratuitas e efetuadas por meio do preenchimento de formulários e envio de documentos discriminados no edital, exclusivamente via internet, pela página da Capes. A documentação complementar deverá ser incluída, obrigatoriamente, no ato do preenchimento da inscrição na internet, em arquivo eletrônico.

A seleção se desenvolverá em quatro fases, todas de caráter eliminatório, sendo elas verificação da consistência documental, análise de mérito, priorização das propostas e reunião conjunta. Os resultados serão divulgados em agosto deste ano.

Mais informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico cpro@capes.gov.brEste endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Assessoria de Comunicação da Capes

Fonte: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=16429

quarta-feira, 16 de março de 2011

Embaixada dos Estados Unidos lança concurso para dar boas-vindas ao presidente Obama e fazer parte da visita histórica

         Antecipando a visita do presidente Barack Obama ao Brasil em março, a Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil lançou um concurso para que brasileiros enviem uma mensagem de boas-vindas ao presidente Obama. A mensagem pode ser em texto ou vídeo e as melhores serão premiadas regularmente com uma variedade de prêmios relacionados ao presidente Obama. A Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil também lançou mais dois canais com informações atualizadas, detalhes dos preparativos da visita, e as imagens oficiais (disponíveis ao público) da visita:

Concurso: www.obamabr.org

Site oficial da visita: http://portuguese.brazil.usembassy.gov/potus_march2011.html

Download do banner: http://www.flickr.com/photos/embaixadaeua-brasil/sets/72157626112198131/

Facebook: http://www.facebook.com/EmbaixadadosEUA.BR

Twitter: @EmbaixadaEUA

Os banners para download estão disponíveis para o público no site Flickr da Missão (http://www.flickr.com/photos/embaixadaeua-brasil/) e outras notícias da visita do presidente podem ser encontradas no Facebook e Twitter.

Durante sua visita ao Brasil, o presidente Obama se reunirá com líderes e falará à população brasileira para tratar de uma grande variedade de temas, entre os quais a prosperidade econômica e a geração de emprego por meio da intensificação do comércio e das parcerias, a cooperação nas áreas de energia e segurança, os valores compartilhados e outros assuntos de importância regional e mundial.


fonte:  http://africas.com.br/site/index.php/archives/9333

segunda-feira, 14 de março de 2011

Arquivo de Albert Einstein será disponibilizado on-line

Trabalho de digitalização dos arquivos levará um ano.

Universidade possui mais de 80 mil documentos do cientista.


Físico Albert Einstein (Foto: Reuters) Albert Einstein terá arquivo digitalizado


O arquivo de Albert Einstein será digitalizado e disponibilizado na internet dentro de um ano, informou nesta segunda-feira (14) a Universidade Hebraica de Jerusalém.
Einstein, que morreu em 1955, deixou seus arquivos em herança para a universidade, da qual ele foi um dos fundadores. O arquivo contém mais de 80 mil documentos do cientista judeu, nascido na Alemanha, considerado o pai da física moderna.
"É a coleção mais importante de seus documentos e uma coleção importante da história do século 20", disse Roni Grosz, diretor do Arquivo Albert Einstein, da Universidade Hebraica.
A universidade disse que a coleção, que inclui cadernos de pesquisa, correspondência com colegas e amigos e artigos que Einstein fez nas áreas da ciência, filosofia e política, seria disponibilizado em um site público que a instituição está desenvolvendo.

Fonte:   http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/03/arquivo-de-albert-einstein-sera-disponibilizado-online-1.html

PROVINHA BRASIL 2011

Fonte desta matéria:  http://provinhabrasil.inep.gov.br/
      
Em breve, no decorrer do mês de março, as redes começarão a receber os kits para aplicação do teste 01 da Provinha Brasil de Leitura 2011.
         Outra grande novidade é que, a partir do mês de agosto de 2011, chegará às redes de todo o país o Kit da Provinha Brasil de Matemática. Agora as crianças matriculadas no 2º ano do Ensino Fundamental poderão ter seus conhecimentos de alfabetização avaliados tanto em língua portuguesa quanto em matemática. Neste ano haverá apenas uma aplicação da Provinha Brasil de Matemática, o que produzirá um diagnóstico da aprendizagem das crianças.
          A partir de 2012, a sistemática de aplicações da Provinha Brasil de Matemática será exatamente igual à da Provinha de Leitura, ou seja, duas aplicações (início e final do ano) permitindo perceber a evolução do desempenho das crianças.
Em relação à Leitura, em 2011, tudo permanece igual: duas aplicações, uma no início e outra ao final do ano.
Confira abaixo as Matrizes de Referência das Avaliações de Leitura e Matemática.
Gestor







Faça o download dos materiais de apoio à alfabetização e letramento






banner_fale_conosco

quarta-feira, 9 de março de 2011

terça-feira, 8 de março de 2011

“Investigando a Biodiversidade: guia de apoio aos educadores do Brasil” é uma publicação conjunta do WWF-Brasil, Conservação Internacional e Supereco. O livro tem como objetivo apoiar o trabalho de educadores que tem o desafio de desenvolver ações e atividades pedagógicas envolvendo professores, crianças e jovens sobre o significado e a importância da nossa biodiversidade e como devemos conservá-la. A obra é uma adaptação brasileira para o material “Exploring Biodiversity”, uma copublicação da Conservação Internacional e do WWF.

O lançamento da publicação faz parte das comemorações do Ano Internacional da Biodiversidade e do Dia Internacional da Biodiversidade (22/5).

O guia, lançado em 18/05, está disponível para download aqui no site do WWF-Brasil. A publicação também pode ser encontrada nos sites da Conservação Internacional (www.conservacao.org) e do Instituto Supereco (www.supereco.org.br).

As instituições estão discutindo com o Ministério do Meio Ambiente a possibilidade de reimpressão da obra para permitir ampla distribuição do livro aos educadores brasileiro.

“Este guia é resultado de um dedicado esforço do corpo técnico das três ONGs que revisaram e complementaram as informações originais, adequando-as à realidade brasileira e preparando-as para que seja um instrumento pedagógico de trabalho útil no dia a dia do educador. A formação de crianças e jovens sobre o valor da nossa natureza, da sua biodiversidade e como dependemos dela é fundamental para engajarmos esse público na conservação da natureza, uma responsabilidade de todos nós”, afirma Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil.

Para Paulo Gustavo Prado, diretor de Política Ambiental da CI-Brasil, somente por meio do reconhecimento da importância social da biodiversidade é que as futuras gerações poderão manter e adequar o Brasil rumo ao desenvolvimento sustentável.  “É por meio do conhecimento que podemos preservar a fauna e a flora e, consequentemente, seus serviços ambientais, conquistando a sustentabilidade no uso dos recursos naturais”, diz Prado.   “É imperativo que deixemos essa preciosa herança para nossos filhos”, complementa. 


A obra


O livro, que reúne textos e atividades práticas em 133 páginas, é voltado ao educador com o objetivo de fortalecer a importância pedagógica do tema, trazendo conceitos, metodologias e atividades que contribuam para o aprimoramento do seu trabalho como multiplicadores de educação ambiental junto ao público infanto-juvenil.

Voltada à realidade brasileira, a publicação traduz conteúdos científicos, geralmente técnicos e complexos, de forma lúdica e atraente para sensibilizar educadores e educandos a investigar, analisar e reconhecer a importância da biodiversidade brasileira, de seus serviços ambientais, as ameaças de extinção e os desafios para a sua conservação, bem como as possíveis soluções, com casos de sucesso apresentados.

Segundo a coordenadora geral do Instituto Supereco, Andrée de Ridder Vieira, essa publicação é importante e fundamental para o Brasil, não só por sermos o país da megadiversidade, mas porque crianças, jovens e adultos ainda desconhecem sua biodiversidade e como ela está presente no seu dia a dia. “Nosso objetivo é contribuir com materiais qualificados de educação ambiental e adequados ao ensino formal brasileiro. Há muito por conhecer e fazer e a escola é um espaço essencial de formação e de mobilização”, ressalta Vieira.

A faixa etária recomendada para a aplicação prática do material é de crianças e jovens de 11 a 14 anos, mas diversas atividades podem ser adaptadas para grupos de crianças mais novas e adultos.

Para fazer o download do livro, clique com o botão direito do mouse no link à direita e selecione a opção "Salvar como...".

Filme discute aquecimento global em linguagem simples

Cena do filme, que discute temas ambientais
DVD Carbono & Metano
O DVD será distribuído em diversas escolas, junto com um kit que poderá ser usado pelo professor para discutir as mudanças climáticas
O documentário Carbono & Metano, voltado para o tema do aquecimento global, acaba de ser lançado pela PH Multivisão e Vídeo. Destinado preferencialmente a crianças e jovens de 10 a 15 anos de idade, aborda de forma lúdica e descontraída temas aparentemente de difícil compreensão como efeito estufa e mudanças climáticas. Incentivado pela Lei Rouanet e patrocinado pela Tetra Pak, o filme tem cerca de 50 minutos e é dividido em três episódios, facilitando a utilização didática.

Carbono & Metano é um “documentário de ficção” que se desenrola em duas camadas narrativas sobrepostas ao longo da história: a parte ficcional tem como fio condutor as moléculas protagonistas e o documentário é apresentado pela simpática repórter Joyce. “Sabemos, por experiência, que um enredo ficcional bem montado ajuda a captar a atenção de nosso público e a encantá-lo, o que favorece muito a transmissão de conteúdos científicos, mesmo quando complexos”, diz Philippe Henry, responsável pelo roteiro e direção.

O filme conta a história de Carbono e Metano, interpretadas por atores, e suas tentativas de "dominar o mundo” por meio do efeito estufa e do aquecimento global. Em estilo de gibi de super-heróis, o média-metragem trata de um dos maiores problemas da atualidade: a sustentabilidade, ou seja, o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, justiça social e respeito ao meio ambiente.

Cientistas, professores, ambientalistas, pedagogos e outros especialistas participam do filme, emitindo opiniões embasadas sobre os temas abordados. Entre eles estão Carlos Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Ministério da Ciência e Tecnologia, Virgilio Viana, da Fundação Amazônia Sustentável, e Carlos Alberto de Mattos Scaramuzza, superintendente de conservação do WWF-Brasil.

Carbono e Metano foram humanizados e o resultado é que suas personalidades são espelhos de seus traços químicos. Carbono é mais encorpado (com maior peso atômico), enquanto Metano é mais franzino. Isolados, são afáveis e amigáveis - na origem, foram responsáveis pelo surgimento da vida. Reunidos em bandos, descontrolados, podem se tornar agressivos e antissociais, formando verdadeiras “gangues”. Representam, respectivamente, 80% e 15% das emissões de gases de efeito estufa.

O filme está disponível no Youtube, em cinco partes. A primeira parte pode ser vista abaixo, e as outras podem ser encontradas no link http://www.youtube.com/user/PHMultivision.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Primeira Reunião de 2011 com Vice Diretores das Escolas do Centro de Luziânia.

         No dia  02 de Março  reuniram-se na Sede do NTE de Luziânia os Vice  Diretores das Escolas Estaduais  do centro da cidade com o intuito de  apresentar o NTE, os cursos que serão ministrados no decorrer deste ano e as normas de uso dos laboratórios de informática  das escolas .
O encontro contou com a presença da Srª. Valdereza, Sub Secretária de educação da Regional desta cidade.